amor desabafos

Um sonho

março 03, 2014Amanda de Ishtar

Quando coloco a cabeça sobre o travesseiro, imagino muitas coisas a quais não pertencem a este mundo, ao meu mundo - físico, palpável, tangível e frágil. Posso colocar objetos diferentes, mudar o contexto das coisas, deixar com cor aquilo que é preto e branco. Tudo nos meus sonhos.


Lá, eu tenho você. Uma pessoa platônica que eu nem sei se existe de fato, mas está lá. Preocupado e protetor, cabelos lisos aloirados, sorriso cativante e olhar esperto. Misterioso, intrigante e sensual. Seria bobeira transpor isso para a realidade, mas nos meus sonhos, eu sei que sou apaixonada por você.

É estranho tentar explicar isso, mas creio que todos os sonhadores, românticos e ávidos por estar bem acompanhado, idealizam um rosto, um gesto, um toque, um sorriso... e tentam, mas como tentam, trazer isso para o mundo real. Não esqueçamos de viver o que de fato importa, vale lembrar. Mas quando fecho os olhos...

Tenho muito em mente o meu presente e trago comigo o prazer de celebrar e viver os pequenos momentos da vida, as pequenas lembranças. Comover-me com o que muitos julgam ser tão pouco. Pequeno por si, mas imenso quando muitos. Pequenos detalhes entalhados na vida rotineira, que te fazem rir, chorar, enraivecer e rir novamente.

Estou deslocada, esses momentos que outrora me satisfaziam, deixam-me incompleta. Ou será que eu preciso me completar? Chega uma hora, que algumas coisas não servem mais de consolo. Alegrias momentâneas e passageiras, que logo precisam ser preenchidas com milhares de outros pequenos pedaços. E assim vou construindo meu quebra-cabeça de lembranças. Está ficando bonito assim, mas eu quero mais.

Quando eu fecho meus olhos, eu vejo você. Não tem um rosto em específico, mas eu posso te abraçar. Meus pensamentos se sentem aquecidos e eu tenho um sono leve. Se pudesse ser assim aqui, neste outro mundo...
Você pode se chamar João, Marcos, Antônio, não importa. Pode ser baixinho ou fortinho, melindroso ou corajoso. Quem é você afinal? Tenho que lhe avisar que está deveras atrasado.

Vamos dar uma volta? Segure minha mão e vamos caminhar. Conheço uma ótima trilha cheia de paisagens belas para apreciar. Fazemos um pique-nique perto daquele lago, você pode tocar algo enquanto eu canto e depois podemos ficar deitados, com você afagando meus cabelos enquanto olhamos o céu.

Ah essas nuvens. Estão nebulosas a tempos. Só se faz tempestade aqui. Seguro meu guarda-chuva quando posso, mas por vezes, desmorono. Normalmente pessoas randomicamente selecionadas (paradoxal?) aparecem para me ajudar. Mas e meu porto seguro?

Dizem que acima de toda tempestade, há um céu azul. E eu posso ver isso. Tudo nos meus sonhos.



You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Instagram

Formulário de contato