amor livros

Resenha: Diário de uma Paixão

julho 13, 2013Amanda de Ishtar

Outra resenha clichê. Mas não tem problema. É a minha leitura e o meu ponto de vista sobre este lindo livro.
Lê-la não comprometerá sua leitura, caso esteja preocupado(a) com spoilers.

Escrevo esta resenha ouvindo OneRepublic (ó, jura?)

Acabei de terminar Diário de uma Paixão, que aliás, demorou mais do que eu esperava, porque intercalei várias outras coisas enquanto lia rs. Normalmente um livro como este, não só por ser um livro curto, mas que te prende do começo ao fim, demora uma noite madrugada afora. Eu li aos picados, mas curti cada momento.
A obra, escrita por nosso querido Nicholas Sparks (meu atual escritor favorito de romances), conta a história de um casal da década de 40, Noah e Allie. Naquele tempo a sociedade e o status imperava (não que hoje seja muito diferente), mas as famílias, digo os pais, interferiam diretamente nas escolhas dos filhos. Noah era pobre e sem a educação da alta sociedade. Morava em uma casa simples em uma cidadezinha da Carolina do Sul. Conheceu Allie em um parque de diversões, através de um amigo, em um dia de verão. Mal sabia ele que este seria o verão mais intenso de sua vida.
Allie, de família rica e com uma boa posição na alta sociedade, apaixona-se por ele e dali começa a história de amor dos dois.

Não darei muitos detalhes da trama, para não comprometer sua leitura, mas este livro me surpreendeu na simplicidade dos fatos, palavras e, ao mesmo tempo, na intensidade das emoções ali contidas, em cartas trocadas pelos dois, nos diálogos... que por muitas vezes me arrancaram lágrimas rs. Vale ressaltar que esta obra foi baseada na história dos avós da esposa de Nicholas. Eu não sabia deste fato até ter lido o livro, pois até então só conhecia o filme.

Falando em filme, o livro (que por si só já tem motivos de sobra para ser melhor), é diferente e em uma ordem inversa da do filme. Lembro-me que o último livro que li (ps:eu te amo) também era assim. Normalmente essas obras que começam no tempo presente, com descrições de flashbacks depois, tem sua ordem invertida no filme para uma melhor linearidade.

Você ao ler a obra, percebe que ela é cheia de profundidade nas palavras, referências poéticas, pois Noah é apaixonado por poesia sob influência do pai. A história se estende por vários e vários anos, começando na segunda guerra, até o tempo 'presente' (do ponto de vista do narrador). Como o próprio nome diz, tudo é como se fosse um diário, um relato contínuo (mas de certa forma breve) de tudo que aconteceu nos anos em que o narrador descreveu a história - que não convém mencionar quem é.

No geral, é uma história apaixonante que nos dá uma ideia do amor verdadeiro, do companheirismo, da esperança, boa união familiar e superação. Por ser uma obra baseada em fatos reais, ficamos mais intensamente conectados às personagens e esperando, que um dia, este amor avassalador venha, enfim, nos visitar.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Esse livro está na minha wishlist!
    Eu assisti um pedaço do filme e amei! Preferi deixar o final para poder ler o livro primeiro rs
    Sempre ouvi falar muito bem dele.
    Estou seguindo :)
    Ps: Amei a ilustração do cabeçalho! *o*
    Beijinhus
    http://honey-pixel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Linda <3
      Você vai amar o livro mesmo! XD E quando puder assista o filme todo hehehehe

      Beijinhos

      Excluir

Popular Posts

Instagram

Formulário de contato