comidinhas geek

O post dos mortos-vivos

junho 11, 2013Amanda de Ishtar

Depois de muito tempo sem escrever, e de ter praticamente abandonado este blog, eu volteeei \o/! Resolvi continuar com o blog, porque eu não consigo ficar sem escrever... e quem um dia foi blogueira, blogueira sempre será haha. Deletei a maioria dos posts antigos e só deixei dois, que julguei serem os mais relevantes, pois eram os únicos que falam de duas coisas que amo: Bonecas e games! Vocês não acreditam que mesmo depois de abandonado, o blog continuou recebendo muitas visitas, por conta do post falando de Blythes!

Bom, são 15:02 da tarde, e como uma boa desempregada, dedico meu tempo postando inutilidades aqui para vocês lerem. Enfim, amanhã é dia dos namorados, e como estou solteira, estou pensando em ir ao cinema assistir Star Trek into Darkness. A produção deste filme parece ser muito boa e acho que mereço me dar um ingresso de cinema rsrs.
Esses tempos eu tenho saído muito sozinha. Não porque eu gostasse; para falar a verdade eu sempre odiei. Mas de fato, precisava aprender a me curtir, independente da companhia. Aproveito a grana do seguro desemprego e vou para São Paulo afora visitando os lugares que mais gosto: Livrarias, Cafeterias, a Liberdade com suas lindas coisas kawai, cinemas... e claro, fazendo muitas comprinhas.
Tem sido uma espécie de terapia para mim, pois estou aprendendo que posso ficar muito bem comigo mesma, mesmo que meus diálogos se tornem monólogos dentro de minha mente.

Este final de semana fui à Liberdade, um bairro construído por imigrantes japoneses a mais de um século e, que hoje, é o paraíso dos geeks e otakus de Sampa. Lá você acha de tudo em um shopping/galeria chamado Sogo: action figures, hats, mangás, dvds de anime e filmes japoneses, roupas da cultura japonesa, coisas góticas e lolitas, espadas, infinitas bolsas para todos os gostos, papelaria e muito mais.






Há também uma loja chamada Ikesaki, o lugar perfeito para você que ama produtos de beleza. É um prédio enorme e cada andar é dedicado a algum seguimento: produtos profissionais, cosméticos em geral, manicure/pedicure... tudo com um bom preço e nas mais variadas marcas.


Para quem é fã de doces como eu, adorará conhecer os mercadinhos perto da estação e nas ruas paralelas. Além de doces como Wonka, chocolates suíços e belgas, e claro, doces japoneses, você encontrará especiarias japonesas, arroz japonês, condimentos, bebidas... tudo muito top!
E claro, não podemos esquecer da feirinha da Liberdade! Vários quiosques montados em frente à estação, que vendem deste bijoux até produtos de decoração, como estatuetas de budas, bonecas japonesas e velas aromatizadas. Além disso, há os quiosques que vendem comida, tipo camarão, guioza (yuuummy), raspadinha, doce de feijão... enfim, é só se escolher e se servir.


Eu particularmente adoro ramen (lamen). Por isso, caminho um pouco além da estação, e vou até um lugar chamado Kazu. Na minha opinião, o melhor lugar para se comer lamen lá. O caldo é uma delícia, shio ou shoyu, apimentado ou não, com condimentos deliciosos! O guioza que eles servem lá também é uma delícia, por ser importado. O preço é acessível e o espaço é bem acolhedor. Mas não vão confundir com o Espaço Kazu, que fica do outro lado da rua. Ele é do mesmo dono, mas lá não servem lamen hehe.


Então, recomendo que para quem não conhece, lá é um ótimo lugar pra se visitar em um final de semana (porque as feirinhas não estão lá durante a semana). E se você não é daqui da terra da garoa, não se esqueça de visitar lá, quando tiver oportunidade.

Então fico por aqui no post. O próximo provavelmente será sobre o livro que estou lendo, que não vou dizer qual é hihihi. Até pessoal!

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Instagram

Formulário de contato