blythe garotas

Blythe: boneca de gente grande

abril 04, 2011Amanda de Ishtar

De uns anos para cá, nestas minhas andanças como blogueira, percebi que muitas garotas e mulheres vem cada vez mais, adquirindo o capricho de ter um Blythe - no bom sentido. No começo, eu não entendia muito bem o fanatismo e a paixão pelas bonecas. Elas me pareciam muito uma Diva Star e, na primeira vez, achei as ditas cujas um tanto estranhas, por terem proporções corpóreas que não combinam entre si. Mas depois de conhecer mais e ver muitas fotos bacanas, eu percebi que é muito mais que um simples gosto por bonecas. Neste post, vou falar de algo meio diferente para meus 'padrões' de post. Vou contar à vocês o que é e a histórias das Blythes. Todos os releases neste link.

Snowflake Sonata (c) 2011


O que são Blythes?


Blythes são bonecas, atualmente conhecidas como Neo Blythes (explico mais adiante o por quê), comercializadas pela empresa japonesa Takara, que fazem sucesso pelo mundo inteiro, deixando rastros de colecionadores em várias redes de relacionamento e compartilhamento de arquivos - além de ser tema de muitos sites.
Cada Blythe possui um nome, personalidade e história. Elas tem lançamentos todos os anos desde 2001 (Neo) e podem ser customizáveis (com a habilidade, acessórios e equipamentos certos), vendidas em vários sites como: Ebay, Dulce Tyler Shop entre outros. Acho que é mais fácil você comprar sua Blythe em sites americanos que sai mais barato. Também há Blythes customizadas pela artista Sabrina, que pode cobrar de R$ 800 à R$ 1000 reais para fazer uma customização - pois dá muito trabalho e você pode estragar sua boneca, se não souber o que está fazendo. Mas é claro que customização muitas outras garotas podem fazer por diversos valores ;). O bom também é comprar assim que é lançado, pois do contrário da lógica, a tendência é valorizar.

Bonecas da Toy holic

Customização: Edward Blythe e Lara Angie Cruft

Há também as Blythes menores (cerca de 12cm contra 28 da Neo) que são as Petit Blythes. Mas estas não se pode trocar os olhos =/

Petit Blythe da Kana

'Blythos' não existem oficialmente, porém há quem customize uma Blythe para parecer um garoto.


Imóveis e carros não são oficiais da Blythe. Se você ver algum acompanhando uma, ele pode ser 'emprestado' de alguma outra marca para compor o cenário. As roupinhas são feitas pelas próprias colecionadoras, além daquelas que são vendidas oficialmente. Casinhas também são compradas e montadas de acordo com o estilo da Blythe que irá habitar o lar, mas todas as peças são escolhidas de marcas aleatórias.

Quartos maravilhosos por Valaris


A magia do olhar


A grande graça da Blythe, além da fofura, está nos olhos. A cabeça da boneca pode ser aberta e dentro dela, há uma cordinha, responsável pela mudança de direção e a cor! Não é demais?


Por que Blythe?


Muitas garotas e mulheres preferem Blythe e não Barbie, pelo teor que a boneca passa. Barbie é feita para entreter o público infantil, quanto Blythe, o público adulto. As bonecas tem tudo a ver com moda, fotografia e são bem estilosas. Elas não tem namorado, animais de estimação ou mesmo família. São sozinhas com sua própria história.

Blythe na rede


Em muitos sites, você encontra concursos de Blythes, colecionadoras tirando 1001 fotos de suas 'filhas' para mostrar para todos, histórias de suas vidas e por aí vai. No Flickr, você facilmente acha inúmeros álbuns com muitas bonecas a perder de vista, uma mais linda que a outra. O orkut também está cheio de comunidades dela.

Blythe: a história


A primeira versão da Blythe, foi lançada em 1972 no EUA. Não fez muito sucesso e por falta de consumidores e consequentemente, investimento, ela falesceu naquele mesmo ano. Suas proporções exageradas também foram consideradas assustadoras para crianças.

Blythe da década de 70 e publicidade

Mas uma garotinha, Gina Garan que naquela época havia comprado sua primeira Blythe naquele ano, tempos depois aumentou sua coleção, depois de se mudar do subúrbio de NY para Manhattan já como adolescente, após um amigo ter descrevido uma Blythe no Ebay. Ela caiu de amores pela boneca, lembrando da primeira que teve e começou a adquirir através das pessoas que haviam comprado, por cerca de $15 cada, conseguindo mais de 200 originais.

Depois no Japão, ela apresentou a boneca ao empresário Junko Wong e seu marido, e fizeram o primeiro projeto juntos de um comercial de Natal com Blythes e seus amigos, vivendo juntos em um globo de neve. O projeto e a campanha foram um sucesso e Blythe como um nova marca do século 21, ainda estava fora de funcionamento.

CWC, com a empresa de brinquedos Takara, começaram a manufaturar novas versões da Blythe. O resultado foi um miraculoso renascimento global da boneca, especialmente na Ásia. Uma nova geração de colecionadores, esperam o lançamento de 6 novas versões da Blyhte cada ano, e depois colocam a boneca para venda online, estas vivendo na obscuridade  e sendo conhecidas somente por colecionadores e curiosos, até então.
Mas Gina, depois de se mudar para um apartamento, no meio da mudança achou uma velha câmera e começou a tirar fotografia - mesmo sem a experiência e conhecimento - da sua Blythe favorita. O resultado disto foi o This is Blythe (Chronicle Books, 2000) fez com que a boneca fosse reintroduzida ao mundo, chamando o livro de Firecracker Alternative Book of the Year para 2001. Este vendeu mais de cem mil cópias e continua a ser impresso pelo dobro do preço.

Todo ano, tem um Desfile de caridade anual de moda Blythe em Tóquio, onde os líderes de design de todo o mundo criam versões minúsculas de suas roupas (grifes) para Blythes e desfilam garregadas por modelos de luvas brancas. Como modelo virtual, Blythe tem achado fãs ao longo de casas líderes de design, incluindo John Galliano, Prada, Gucci, Vivienne Westwood, Issey Miyake, Versace, Sonia Rykiel, e muitas outras. Gina documentou alguns desses designs em parcelas mensais de página inteira na Vogue Nippon em 2002.  Blythe tem aparecido em principais campanhas publicitárias para a Sony da Europa, Lojas de departamento da Nordstrom e em pequenos manequins de lojas Bloomingdagles. Muito recentemente, Blythe foi a musa para a camapanha de Alexander Mc Queen para o varejista americano da Target, e comercial de televisão, anúncios impressos e outdoors tudo com o concentimento de Garan (Gina).

História traduzida e sintetizada de This is Blythe.


Versões similares 

Há outras bonecas no mercado parecida com as Blythes, mas eu desconheço suas histórias e também não pesquisei. Creio que surgiram depois das Blythes. São tão lindas quanto, até mais se bobear, e também tem o mesmo sentido: moda, fotografia e vida própria.


Pullips





Dals




Byul




Taeyang



Uma mais linda que a outra não acham? Eu gostaria de ter uma de cada! Adoro bonecas e compraria uma sem dó se tivesse uma graninha de sobra. 
Bom pessoal, existem muitos sites com informações bacanas para vocês sobre as Blythes, mas quis juntar um pouco de tudo em um único post. Espero que tenham gostado ^^'.
Vou por uma listinha de sites com algumas informações sobre Blythes se você deseja ou quer saber mais sobre este fantástico mundo delas. Não vou repetir os links que já estão no post, ok?

Just Lia - créditos por algumas coisas deste post;
We ♥ Blythe;
Blythe;
Miss Blythe Brasil - concurso de miss para Blythe, é mole?
Hello Kika Shop

Por enquanto são só estes, se eu achar mais alguns legais, eu posto aqui, ok?


You Might Also Like

2 comentários

  1. Maravilha. Se precisares de ajuda pra aglguma coisa, eu estou aqui. E se puderes, coloca como sega rioupinhas para Blythe. Se puderes, obrigada

    ResponderExcluir
  2. Por nada Rosetta! Vou pesquisar mais sobre estas roupinhas para Blythes e ver se posto aqui pra galera! Obrigada pela visita e volte sempre!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Instagram

Formulário de contato